sexta-feira, 10 de outubro de 2008

charada

E o que acaso seria, meu amigo, o amor?
seriam palavras doces ao invés de silêncio de dor?
Seria o amor só mel?
seria o amor um só?


Acaso amor não seria,
Meu caríssimo senhor,
Pitada de mel num dia
No outro tiquinho de dor?


Seria ela a tal mistura,
Que tanto se quer traduzir,
Em que se colocam agruras,
Ao tempo em que se faz luzir?


Mistura que assim, bem misturada
Um dia é face do fazer bem
E no outro,
Também,
É face de fazer mal.


Para Luizinho, que escreveu “Represa” lá: http://la.barreto.zip.net/ e inspirou o que cá está.

11 comentários:

Cyn. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cyn Costa disse...

Como dizia uma sábia criança de 5 anos: "o amor é quando a menina passa perfume, o menino toma banho, e os dois saem juntos pra se cheirar." Pra ver que o amor não tem idade, hein???
E sim, sim, eu sou aquela menina sorridente que você encontra e abraça sempre que há sushi e Mariana Arraes!!! =)))
Beijo no coração.

lacarvalhedo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lacarvalhedo disse...

amor mel, amor veneno...
bom e ruim de ser sentido, dorzinha boa no coração, né?
tava passando por aí, achei seu blog, li e gostei ^^ (merchan básico: passa no meu, se possível ;) )
belas palavras, viu?
o/

Rosinha disse...

Que linda charada hein!!

xeros.

Donaella disse...

Esse acende apaga, liga desliga, essa mistura afinada de heterogêneos!
Linda descrição!
Bj querida

Tatá disse...

O amor é uma linda mistura...de vários sabores, cheiros e cores. Eu fico com todos! E fico com a sensibilidade das tuas palavras.

Beijos com carinho

Rosa Magalhães disse...

Amor é essa gostosa dualidade, que miafia sabe tão bem dizer em palavras! Beijos muitos, Sankinha.

Anucha Melo disse...

encontrei aqui a resposta pra uma dúvida! obrigada, sankinha! amo tu. bj

Lela disse...

Taí uma ótima charada! Amor é um trem que a gente finge que não sabe o que é, só pra continuar brincando de experimentar! :)
Beijo grande, Sankinha!

Ana Libório disse...

A resposta da charada está na própria charada!!O amor é isso mesmo!!rs

Beijo!